Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Queirosiana

Blogue sobre livros, leituras, escritores e opiniões

"Declaro-me Feminista" - a minha lista de livros feministas essenciais

15.08.19

rubrica feminista.jpg

Declaro-me feminista porque defendo a igualdade. A igualdade de tratamento e de oportunidades independentemente do género ou sexo. Assim, nesta lista que abaixo enumero, pretendo fazer um périplo literário por aquelas que considero - ou que me induziram a considerar - como as obras essenciais para dar os primeiros passos no que é o feminismo.  Ou, no mínimo, um ponto de partida. A ordem é aleatória, se bem que, por uma razão lógica, seja conveniente iniciar pelas obras mais antigas. Também os géneros literários são variados, desde ensaios a romances. O compromisso é o de ler, pelo menos, três obras desta lista por ano. 

 

  1. Mary Wollstonecraft - Uma Vindicação dos Direitos da Mulher (1792)
  2. Kate Chopin, The Awakening (1899)
  3. Virginia Woolf - Um Quarto Só Para Si (1929)
  4. Simone Beauvoir - O Segundo Sexo (1949)
  5. Doris Lessing, The Golden Notebook (1962)
  6. Betty Friedan, Feminine Mystique (1963)
  7. Sylvia Plath, A Campânula de Vidro (1963)
  8. Germaine Greer, The Female Eunuch (1970)
  9. Kate Millett, Sexual Politics (1970)
  10. Shulamith Firestone, The Dialectic of Sex (1970)
  11. Carol Gilligan, In a Different Voice (1982)
  12. Margaret Atwood, A História de Uma Serva (1985)
  13. Clarissa Pinkola Estes, Mulheres Que Correm Com Lobos (1992)
  14. bell hooks, Feminism is for Everybody (2000)
  15. Chimamanda Ngozi Adichie, Todos Devemos Ser Feministas (2014)
  16. Naomi Alderman, The Power (2016)
  17. Kamila Shamsie, Conflito Interno (2017)
  18. Scarlett Curtis, Feminists Don't Wear Pink and Other Lies (2018)
  19. Madeline Miler, Circe (2018)*
  20. Mary Beard, Mulheres e Poder (2018)*

* Já lidos