Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Queirosiana

Blogue sobre livros, leituras, escritores e opiniões

50 antes dos 40

03.10.19

50A40.jpg

Um desafio auto-proposto! 50 títulos antes dos 40 anos, uma meta atingível, ou assim veremos. Depois de ler muitas listas sobre os melhores livros de sempre, ou os livros de tem de ler antes de morrer (nada mais dramático!), logrei alcançar estes 50 títulos que, inexoravelmente, são também um reflexo de escolhas pessoais. A ordem é cronológica, por data de publicação, mas a leitura far-se-á aleatoriamente. 

 

  1. O Parque de Mansfield, Jane Austen (1814)*
  2. Contos de Natal, Charles Dickens (1843)*
  3. O Monte dos Vendavais, Emily Bronte (1847)*
  4. A Cabana do Pai Tomás, Harriet Beecher Stowe (1852)
  5. Vilette, Charlotte Bronte (1853)
  6. Madame Bovary, Gustave Flaubert (1857)*
  7. O Moinho à Beira Rio, George Eliot (1860)
  8. Lady Macbeth do Distrito de Mtsensk, Nikolai Leskov (1865)
  9. Guerra e Paz, Leo Tolstoi (1869)
  10. Os Irmãos Karamazov, Fiódor Dostoievski (1880)
  11. O Retrato de Dorian Gray, Oscar Wilde (1890)*
  12. Um Quarto com Vista, E. M. Forster (1908)
  13. Em Busca do Tempo Perdido, Marcel Proust (1913)
  14. A Metamorfose, Franz Kafka (1915)*
  15. Herland, Charlotte Perkins Gilman (1915)
  16. Servidão Humana, W. Somerset Maugham (1915)
  17. A Idade da Inocência, Edith Wharton (1920)
  18. Ulisses, James Joyce (1922)
  19. A Montanha Mágica, Thomas Mann (1924)
  20. O Grande Gatsby, F. Scott Fitzgerald (1925)*
  21. O Lobo das Estepes, Hermann Hesse (1927)
  22. O Amante de Lady Chatterley, D.H. Lawrence (1928)
  23. O Som e a Fúria, William Faulkner (1929)
  24. Os Indiferentes, Alberto Moravia (1929)
  25. As Ondas, Virginia Woolf (1931)*
  26. Admirável Mundo Novo, Aldous Huxley (1932)
  27. Trópico de Câncer, Henry Miller (1934)
  28. Um Crime no Expresso do Oriente, Agatha Christie (1934)
  29. A Náusea, Jean-Paul Sartre (1938)
  30. Por Quem os Sinos Dobram, Ernest Hemingway (1940)
  31. O Estrangeiro, Albert Camus (1942)*
  32. O Sangue dos Outros, Simone de Beauvoir (1945)
  33. A Espuma dos Dias, Boris Vian (1947)
  34. Mundo Fechado, Agustina Bessa-Luís (1948)
  35. 1984, George Orwell (1949)*
  36. Memórias de Adriano, Marguerite Yourcenar (1951)
  37. Lolita, Vladimir Nabokov (1955)
  38. O Doutor Jivago, Boris Pasternak (1957)
  39. Pela Estrada Fora, Jack Kerouac (1957)
  40. Gabriela Cravo e Canela, Jorge Amado (1958)
  41. Mataram a Cotovia, Harper Lee (1960)
  42. Cem Anos de Solidão, Gabriel García Márquez (1967)
  43. As Cidades Invisíveis, Italo Calvino (1972)
  44. O Nome da Rosa, Umberto Eco (1980)
  45. A Casa dos Espíritos, Isabel Allende (1982)
  46. A Insustentável Leveza do Ser, Milan Kundera (1984)*
  47. Olhos Azuis, Cabelo Preto, Marguerite Duras (1986)
  48. A Jangada de Pedra, José Saramago (1986)
  49. As Horas, Michael Cunningham (1998)
  50. A Amiga Genial, Elena Ferrante (2011)

*Já lidos

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.