Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Queirosiana

Blogue sobre livros, leituras, escritores e opiniões

O Crime do Padre Amaro, Eça de Queiroz

04.05.11
O Crime do Padre Amaro surgiu na forma de folhetim na "Revista Ocidental", em 1875. Mais tarde, tomando uma versão compilada em 1876. De uma crueza atroz, este romance ataca os vícios e corrupção do clero e da sociedade burguesa da época. Considerado por muitos, a (...)

O Monte dos Vendavais, Emily Brontë

19.11.10
O Monte dos Vendavais publicado em 1847, hoje um dos grandes clássicos universais, foi a única obra da escritora Emily Bronte e no século XIX foi fortemente criticado, gerando muita controvérsia a propósito da crueldade mental e física latentes no enredo, bem como (...)

Jane Eyre, Charlotte Brontë

19.10.10
Já há muito tempo que queria ler este livro. A grande rivalidade que parece haver entre Brontë e Austen animavam ainda mais o meu espírito (...)

Ana Karenina, Lev Tolstoi

05.06.10
Um grande, imenso clássico. Quando decidi começar a lê-lo achei que tomava em mãos apenas uma grande obra, mas não, naquele dia, tomei em mãos uma das magistrais obras-primas da literatura mundial. Tendo começado a ser publicado num periódico, assume a forma de (...)

Mrs. Dalloway, Virginia Woolf

03.04.10
É preciso gostar do género de escrita de Virginia Woolf para ler os livros dela, de outra forma, creio que se tornará impossível e até enfadonha a sua leitura. Eu tenho a sorte de gostar e de poder desfrutar da sua escrita quase cinematográfica, onde tudo é descrito (...)

A Insustentável Leveza do Ser, Milan Kundera

10.03.09
O seu título original (em Checo), Nesnesitelná lehkost bytí, surgiu pela primeira vez em 1984. Foi mais tarde adaptado para cinema com o nome "The Unbearable Lightness of Being" Escolhemos então o quê? Não sei quanto a vocês, mas certamente escolheria o peso. No (...)

1984, George Orwell

18.01.09
Este livro foi escrito por Eric Arthur Blair, sob o seu pseudónimo George Orwell e publicado a 8 de Junho de 1949. Um livro muito pesado, embora super interessantíssimo, por vezes até, sufocante! Toda a história está envolta num clima muito opressor, onde tudo é (...)

O Deus das Moscas, William Golding

16.12.08
Publicado em 1954, William Golding, que viria mais tarde a ser laureado com o Nobel da Literatura, apresenta-nos O Deus das Moscas, uma obra que tem sido descrita como uma fábula dos tempos modernos e que, nas palavras do autor reflete o “mal existente no coração” (...)

As Ondas, Virginia Woolf

23.09.08
Na sinopse desta obra, consta a seguinte afirmação "a mestria de Woolf está em ter chegado a esses fugidios cantos do espírito humano. Como as ondas", e de facto, é essa a sensação ao terminar este romance - provavelmente o trabalho mais experimental de Woolf, (...)

Os Maias, Eça de Queiroz

30.07.07
Leitura obrigatória do 11º ano mas que no entanto já tinha lido dois anos antes. Foi o segundo livro de Eça de Queirós que li, e fiquei totalmente apaixonada. É o livro mais conhecido do autor. Publicado em 1888. É um romance realista com uns "cheirinhos" a (...)

O Primo Basílio, Eça de Queiroz

14.02.07
O Primo Basílio, publicado em 1878,  é um clássico do Realismo da literatura portuguesa. Este romance  retrata a sociedade portuguesa oitocentista, com os seus vícios e virtudes, e muita sátira à mistura, como é típico de Eça de Queiroz.   Basílio, o primo (...)