Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Queirosiana

Blogue sobre livros, leituras, escritores e opiniões

Contos de Natal, Charles Dickens

01.10.09

502x.jpg

O Natal, tal qual o entendemos hoje em dia, uma época de paz, bondade e partilha, deve muito a Charles Dickens e aos seus contos, publicados originalmente em 1844. 

Este foi o primeiro livro que li do autor. Embora já há muito ansiasse por ler Charles Dickens. Foi uma boa estréia. Neste livro encontramos dois contos: O Natal do Sr. Scrooge e Sinos de Ano Novo.

O Natal do Sr. Scrooge está amplamente difundido por todo lado, a origem da história do "fantasma do futuro", "fantasma do presente" e "fantasma do passado" está aqui neste pequeno conto. Mr. Scrooge é um avarento, mesquinho e desprezível homem. Não gosta do Natal e tem ódio aos que gostam. Na véspera de Natal recebe a visita do espírito do seu antigo sócio que o avisa que nos dias seguintes receberá a visita do espírito do passado, presente e futuro e de cada um Mr. Scrooge retirará as devidas lições e no fim, será um homem novo.

Os Sinos de Ano Novo fez-me chorar, o que não é difícil, ainda para mais com Dickens. Toby Veck é um homem pobre, miserável e bom. E na noite de Ano Novo tem um sonho que lhe mostra o futuro, o seu e o da sua filha. Quando acorda, tem a esperança renovada, assim como nós, leitores.

bertrand.jpg

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.