Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Queirosiana

Blogue sobre livros, leituras, escritores e opiniões

Aurora Boreal, Asa Larsson (2003)

16.01.20
A atmosfera nórdica é, por si só, cativante - pois na qualidade de admiradora da sociedade escandinava, basta a referência a Estocolmo, neve e aurora boreal para agarrar a minha atenção.  O leitor é testemunha de um crime, logo nas primeiras páginas - o que (...)

Amor e Sedução Segundo Jane Austen, Lauren Henderson (2005)

15.03.12
Este é um daqueles livros do género auto-ajuda. Confesso que estava à espera de algo diferente quando o trouxe da biblioteca, porque julguei que se tratava de um romance inspirado na autora. Em Amor e Sedução segundo Jane Austen, Lauren Henderson, a escritora, enumera (...)

Um Mundo em Mudança, Mário Soares (2009)

07.03.12
Um pouco incentivada pelo meu pai a dedicar-me a um género de leitura diferente daquele a que estou habituada – os meus eternos clássicos! – embrenhei-me numa grande pesquisa de autores (quando digo grande, significa que arranjei títulos suficientes para me (...)

As Avis, Joana Bouza Serrano (2009)

03.10.11
Esta obra dá-nos a conhecer a biografia das oito rainhas da dinastia de Avis. Considero muito mais atrativo ler sob a forma de biografia do que ler obras onde romanceiam a vida destas figuras, acima de tudo porque depois fico confusa sobre o que é que será verdadeiro (...)

Onde Vais Isabel?, Maria Helena Ventura (2008)

27.09.11
Tenho uma predilecção por livros deste tipo. Sou fã de tudo o que envolva história das dinastias portuguesas e tenho uma certa admiração pelas discretas figuras femininas que participaram na história de Portugal. Trouxe este livro da biblioteca porque há muito (...)

Expiação, Ian McEwan (2001)

13.10.10
Assombroso este livro. Se o filme é dos meus preferidos de sempre, o livro rebentou essa escala. Ao ler esta obra tive laivos de Virginia Woolf e sombras de Jane Austen. É pura e simplesmente brilhante. É um romance em que a personagem principal é uma promissora (...)

Morreste-me, José Luís Peixoto (2000)

25.09.10
Um livro pequeno, que pela capa me fez lembrar os contos de Sophia de Mello Breyner. Contudo, retrata uma imensidão de sentimentos... dor, saudade, tristeza, luto. Tenho de admitir que foi um livro que me tocou muito. Retrata as lembranças do autor sobre os últimos (...)

A Fenda, Doris Lessing (2007)

22.06.10
Quando um livro inicia com a possibilidade "de a estirpe humana básica e primordial ser feminina e de o aparecimento dos homens ser mais tardio", a expectativa tem de ser muita e aqui me confesso, não saí de todo frustrada.  A Fenda, publicada em 2007, precisamente no (...)