Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Queirosiana

Blogue sobre livros, leituras, escritores e opiniões

A Utopia (1516), Thomas More

Ficção - Filosofia - Utopia/Distopia - Clássicos

07.09.20 | L.F. Madeira | comentar
Um clássico dos antigos que estava na estante desde 2016. Thomas More tem sido companheiro nos livros de História e de Direito quer pela sua qualidade de estadista, filósofo e humanista do Renascimento; mas também por ser o criador de uma das palavras mais belas, "utopia". (...)

The Origins of Totalitarianism (1951), Hannah Arendt

Não-ficção - História - Política - Filosofia - Clássicos

03.09.20 | L.F. Madeira | comentar
Ora aqui está uma leitura poderosa e extremamente estimulante. Numa altura de turbulência social e política por todo o mundo, com o (re)surgimento de vagas populistas e demagogias assustadoramente similares a um passado recente, este clássico de não-ficção do (...)

A Rapariga que Roubava Livros (2005), Markus Zusak

Ficção Histórica

10.07.20 | Margarida M. | ver comentários (6)
“A Rapariga que Roubava Livros” retrata mais uma história sobre a Segunda Guerra Mundial e os horrores vividos. Foi o que pensei quando primeiro conheci este livro. No entanto acabou por se tornar um dos meus livros favoritos. Deixou uma marca emocional em mim de (...)

A Honra Perdida de Katharina Blum, Heinrich Boll (1974)

Ficção - Clássicos

21.04.20 | L.F. Madeira | comentar
O enredo, magnificamente sintetizado e de fácil leitura, coloca uma importante questão ao leitor - a liberdade de expressão é um fim que justifica todos os meios? Ou talvez não seja esta a questão, não tão radical, pelo menos. Não, a pergunta que paira e que (...)

Carmilla, Sheridan Le Fanu (1872)

Ficção - Horror/Gótico - LGBT

03.02.20 | L.F. Madeira | comentar
Uma leitura curiosa e estranhamente moderna. Digo estranhamente porque, embora sendo uma escrita e um enredo singelos, em quase nada denotei o fator temporal desta obra - o de ter sido escrita na segunda metade do século XIX.  Carmilla é um clássico gótico, a (...)

Frankenstein, Mary Wollstonecraft Shelley (1818)

Ficção - Horror/Gótico - Clássicos

26.01.20 | L.F. Madeira | comentar
Já conhecia os personagens deste épico da literatura, mas foi após ver a série Penny Dreadful que tomei a resolução de ler esta narrativa quase poética sobre a existência humana escrita pela pioneira Mary Shelley. Este livro tem uma beleza intrínseca e uma (...)