Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Queirosiana

Blogue sobre livros, leituras, escritores e opiniões

The Origins of Totalitarianism (1951), Hannah Arendt

Não-ficção - História - Política - Filosofia - Clássicos

03.09.20 | L.F. Madeira | comentar
Ora aqui está uma leitura poderosa e extremamente estimulante. Numa altura de turbulência social e política por todo o mundo, com o (re)surgimento de vagas populistas e demagogias assustadoramente similares a um passado recente, este clássico de não-ficção do (...)

A Invenção da Natureza (2015), Andrea Wulf

Não Ficção - Biografia - Ciência - História

08.06.20 | Margarida M. | ver comentários (3)
Este livro não só é uma excelente biografia do fantástico Alexander Von Humboldt, como também é um livro que retrata o pensamento deste naturalista e aventureiro. Alexander poderá até ser considerado um visionário e profeta, pelos argumentos e pensamentos que (...)

O Segundo Sexo Vol. II, Simone de Beauvoir (1949)

Não-ficção - Feminismo - Filosofia - Clássicos

10.04.20 | L.F. Madeira | comentar
No segundo volume de O Segundo Sexo, Beauvoir explora brilhantemente a formação e a situação das mulheres, concluindo que a mulher não é vítima de nenhuma fatalidade misteriosa, é a sua situação que a limita, é o molde em que o mundo está perspetivado que lhe (...)

A Room of One's Own, Virginia Woolf (1929)

Não-ficção - Ensaio - Feminismo - Clássicos

01.02.20 | L.F. Madeira | comentar
Li este ensaio pela primeira vez em 2013, pouco mais tinha do que vinte anos. Reli-o hoje. Vibrei então, vibrei agora e sem grandes adivinhações, vibrarei de cada vez que o reler. Que ensaio tão profundamente bem escrito! É um incontornável texto feminista e, não (...)

O Segundo Sexo Vol. I, Simone de Beauvoir (1949)

Não-ficção - Feminismo - Filosofia - Clássicos

27.10.19 | L.F. Madeira | comentar
Esta obra é um peso pesado, um tratado feminista, um essencial, uma referência! Dividido em dois volumes, pelo menos nas edições Quetzal, encontramos no 1.º volume uma autêntica tese dos factos e mitos sobre a(s) mulher(es). Publicado em 1949, e feitas as devidas (...)